Professoras do Município integram nova rede nacional de conhecimento

Ponta Grossa ingressa em rede de compartilhamento nacional de boas práticas pedagógicas
 
A Secretaria Municipal de Educação realizou nesta semana o primeiro encontro do polo Ponta Grossa, que agora integra a Rede Conectando Saberes, de abrangência nacional. A ideia central do encontro foi compartilhar os projetos das escolas e CMEIs que foram indicados pelas boas práticas desenvolvidas nas unidades. O polo é composto por 15 professoras da Rede Municipal de Educação, que irão compartilhar ideias com outras cidades brasileiras.
 
A “Conectando Saberes” é uma Rede tem objetivo de construir espaços coletivos presenciais e virtuais, aproximando educadores que comprometem-se com a educação pública. A Rede é um projeto da Fundação Lemann, com o objetivo de conectar professores que pensam, em conjunto, formas de aplicar conceitos que possam melhorar o ensino e o aprendizado - algo que não existe na rede pública.
 
A organizadora do polo Conectando Saberes em Ponta Grossa é a diretora da Escola Municipal Professora Ruth Holzmann, Cláudia das Graças Valentim Cordeiro. Ela foi selecionada  após ser premiada como autora do melhor Plano de Ação de 2018 entre as escolas municipais da cidade, em trabalho que contou com apoio da Fundação Lemann, em parceria com a SME. Para ela, a rede vai contribuir no incentivo para que os professores desenvolvam projetos onde o aluno é o protagonista do saber. “O aluno deve estar no centro de todo projeto”, declara Cláudia coordenadora do grupo.
 
A diretora integrou o programa de formação de profissionais realizado pela Secretaria Municipal de Educação de Ponta Grossa em parceria com a Fundação, o que foi de grande valia para a implementação dos projetos da escola dirigida por ela. Em maio de 2019 ela participou do encontro nacional da ‘Rede’ e conheceu iniciativas de boas práticas das escolas brasileiras. “O evento mostrou que é possível fazer a diferença na formação educacional sem muito investimento, pois lá estavam pessoas que acreditam na educação pública de qualidade, e essa bagagem aprendida contagia e nos direciona a como por em prática”, recorda Cláudia, professora premiada.