Grupo que estuda possibilidade de aeronaves maiores no Aeroporto Sant’Ana se reúne em Ponta Grossa

Gustavo Ban
 
Equipe estuda as condições físicas do aeródromo para ampliação dos voos
 
 
Na tarde desta quarta-feira (08), o prefeito Marcelo Rangel e o secretário e Indústria, Comércio e Qualificação Profissional receberam no Aeroporto Municipal Comandante Antônio Amilton Beraldo, representantes da Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO), da Secretaria de Aviação Civil (SAC) e da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em uma reunião referente ao estudo em condução para operação de aeronaves maiores no aeródromo municipal.

Esta é a segunda parada da comitiva, que no início da semana esteve no Aeroporto Serafim Enoss Bertaso, em Chapecó, Santa Catarina. De acordo com o diretor do Departamento de Investimentos do (DIAR/SAC), Eduardo Bernardi, tratam-se de visitas técnicas em dois aeroportos com potencial para ampliação de voos comerciais e nos quais o grupo trabalham em projetos de viabilidade. O projeto é uma parceria da SAC com a ICAO e a ANAC e visa analisar as condições físicas para ampliação dos voos através de aeronaves maiores.

Além da apresentação, os membros da comitiva percorreram o Aeroporto Sant’Ana e conheceram a estrutura, restrições, o tráfego, fluxo de passageiros e a demanda. De acordo com o presidente do Painel de Operações e Projeto de Aeródromo do ICAO, Jean-Louis Pirat, “o trabalho em conjunto tem como objetivo mitigar os riscos de navegação, através de soluções simples para voos seguros com aeronaves maiores”.

Para o prefeito Marcelo Rangel, a possibilidade de ampliação de voos é de grande importância para o município. “Ponta Grossa virou um polo industrial e que está em crescente ampliação. O próprio interesse em estudar nosso aeroporto como potencial para receber aeronaves maiores demonstra isso. Com a conquista de mais voos, beneficiaremos tanto os ponta-grossenses que utilizam o serviço, como os moradores da região”, afirma. Victor Hugo Oliveira, superintendente do Aeroporto Sant’Ana completa ainda que o momento é ímpar para o aeródromo, que atende com excelência todas as 23 cidades da região.

Na ocasião, Eduardo Bernardi informou ao prefeito municipal que está em processo de licitação a rampa coberta para uso das pessoas com deficiência na saída das aeronaves, e que deve ser entregue em breve. A partir da visita, a equipe realizará um manual de análise de riscos para mostrar a viabilidade do projeto.