Procon terá mutirão de resgate de crédito no Dia do Consumidor

 
Consumidores endividados terão nova oportunidade de recuperar seu crédito, renegociando suas dívidas junto a instituições financeiras
 
A Coordenadoria Municipal de Orientação e Defesa do Consumidor de Ponta Grossa (Procon), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública, está promovendo, em parceria com a maioria das principais instituições financeiras, um mutirão de renegociação de dívidas e resgate de crédito. De acordo com o coordenador do Procon/PG, Edgar Hampf, o mutirão marca também o Dia do Consumidor – 15 de março, também aniversário dos 28 anos do Código de Defesa do Consumidor: “acreditamos que o crédito é uma ferramenta imprescindível para o consumidor ter a liberdade de fazer suas escolhas. O resgate do crédito, através da renegociação de dívidas com instituições financeiras, é sem dúvida uma solicitação constante, em particular diante da recuperação do comércio, e das novas oportunidades de consumo”.
De acordo com o coordenador do Procon, nesta quinta-feira, entre as 12 e 18h, representantes dos bancos Sicredi, Santander, da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil estarão na sede do Procon, tratando das renegociações diretamente com os consumidores. “O forte endividamento de uma massa considerável de consumidores, e a possibilidade de negociar condições mais favoráveis para a quitação de dívidas com as instituições financeiras nos fez tomar a iniciativa de procurar os bancos e promover esse mutirão”, destaca Edgar Hampf. A expectativa é que as demais instituições financeiras, em curto espaço de tempo, também desenvolvam ações nesse sentido: “a renegociação é vantajosa para todos”, reforça o coordenador do Procon/PG, para quem “nem ao banco é interessante ter um crédito de difícil recuperação alongando-se nem ao consumidor é confortável ser privado do crédito, consequência direta daquela dívida”.
Além do mutirão, o Procon manterá todo seu sistema de atendimento regular para receber as solicitações e reclamações dos consumidores, na quinta-feira, em horário normal.