Prefeitura e VCG apresentam novos ônibus

por Josué Teixeira
 
A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, através da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT), e a Viação Campos Gerais (VCG) apresentaram, na manhã de hoje (28), dezessete novos carros da frota do transporte coletivo de Ponta Grossa. Os veículos, 10 midbus e sete convencionais – sendo 3 alongados –, contam com biometria facial, que inibe a utilização irregular do cartão de bilhetagem eletrônica, recarga embarcada de cartões, bancos preferenciais para obesos, além de espaço para dois cadeirantes nos modelos alongados. A expectativa é que eles entrem em operação logo nos primeiros dias de janeiro.
Durante a ação, o prefeito Marcelo Rangel salientou o cuidado do município com a qualidade do transporte coletivo e reforçou o objetivo de promover cada vez mais a melhoria do serviço oferecido à população. “Sem dúvida nenhuma, o principal aspecto da inclusão desses veículos na frota é o respeito com o usuário e com a cidade de Ponta Grossa. Hoje, um dos maiores desafios no país e no mundo é o transporte. Aqui em Ponta Grossa, nós priorizamos a existência de uma frota nova e eficiente que seja capaz de atender os cidadãos da melhor maneira possível. Outro ponto relevante é que, acima de tudo, queremos trabalhar a comunicação com a população para que os serviços sejam melhorados e evoluam a partir das experiências dos próprios usuários”, declara Rangel.
Segundo a Viação Campos Gerais (VCG), os novos carros oferecem mais conforto aos usuários e mais tecnologia para o sistema.  “Buscamos o que há de melhor e mais moderno no mercado e investimos em tecnologia a fim de otimizar a vida das pessoas que utilizam o transporte coletivo todos os dias”, destaca o diretor administrativo da VCG, Egberto Nissel de Carvalho e Silva.  A renovação da frota está prevista na lei 7.018, que rege o sistema de transporte coletivo da cidade e a substituição ocorre sempre que os veículos atingem o limite previsto na legislação, o que concede ao município uma baixa média de idade dos ônibus disponíveis para a  população.  “Hoje, Ponta Grossa conta com uma das frotas mais modernas do Brasil. A idade média dos veículos em operação é de aproximadamente cinco anos”, completa Egberto.
 
 
Tecnologia e fiscalização
 

De acordo com o presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT), Roberto Pellissari,  a biometria facial e a recarga embarcada, presente nos novos veículos, contribuem para aumentar a eficiência da fiscalização do sistema pela AMTT e a agilidade do serviço oferecido aos usuários. “A recarga embarcada possibilita aos cidadãos que os cartões da bilhetagem eletrônica sejam recarregados no próprio ônibus, sem a necessidade de utilizar os totens espalhados nos terminais, o que confere agilidade para o usuário. Já a biometria facial garante que os cartões como do passe livre, isento, etc, sejam utilizados somente por seus titulares, o que evita fraudes no sistema e beneficia a todos”, conclui.