Segurança: SMCSP registra aumento de 34% em ocorrências atendidas pela Guarda Municipal

por Josué Teixeira

Estimativa é de que até o fim do ano sejam registradas mais de 3700 ocorrências. Em 2016, foram 2649 ocorrências.

A Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP), constatou, através da compilação de dados, um aumento de 34% no registro de ocorrências atendidas pela Guarda Municipal em relação ao ano anterior. De acordo com levantamento realizado pela instituição, até as primeiras semanas de dezembro, foram registradas cerca 3569 ocorrências, número que supera a quantidade de boletins de 2016, quando foram formalizados 2649 protocolos de segurança. Segundo a SMCSP, a expectativa é de que sejam ultrapassados três mil e setecentos registros até o fim de dezembro. 
Para o secretário da SMCSP, Ary Lovato, embora os números tenham aumentado, não houve aumento da criminalidade, mas uma melhora no atendimento prestado à população de Ponta Grossa. “O aumento dos registros de ocorrências vem ao encontro da melhora considerável da Guarda Municipal em todos os setores e o monitoramento tem sido uma peça fundamental nesse trabalho. Para se ter uma ideia, em 2016 tivemos, no total, cerca de 1800 visualizações da Central de Monitoramento. Já em 2017, chegamos a ter esses números em apenas um mês, fechando uma média mensal de aproximadamente mil visualizações. Desse total, perto de 30% se transformam em boletins de ocorrência atendidos pelas nossas equipes”, declara.
Segundo o diretor de Tecnologia da SMCSP, Carlos Henrique Salomon, responsável pelo sistema de monitoramento que inclui 36 câmeras espalhadas pela cidade, além do fone 153, a mudança da metodologia de trabalho e a consolidação de uma equipe especializada foram alguns dos fatores que conferiram robustez ao departamento no auxílio às equipes de campo. “A ampliação da eficiência do sistema de monitoramento têm levado ao aumento dos nossos registros de ocorrências. Hoje, nossa contribuição se dá principalmente no combate ao micro e pequeno tráfico na cidade e na identificação de suspeitos  e de possíveis delitos como vandalismo, pichação ou roubo. Essas informações atribuem agilidade e precisão nas ações em campo dos guardas municipais ”, afirma Salomon.
O comandante da Guarda Municipal, Edson Witek, também aponta  que a otimização do efetivo e o foco em ações coordenadas junto à população estão entre os fatores decisivos para a consolidação do trabalho e da expansão das atribuições da Guarda Municipal em Ponta Grossa. “Nosso trabalho têm sido muito eficiente no sentido de promover a melhora da segurança oferecida aos cidadãos do município. Iniciativas como o patrulhamento ostensivo realizado pelos nossos guardas em todas as regiões da cidade e a especialização de equipes com a Romu e o Getam, assim como a agilidade no atendimento à população fizeram com que superássemos nossos objetivos”, finaliza Witek.

 
Ampliação
 
Além das ações focadas em promover um atendimento mais ágil e próximo à população, a Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP) também tem investido na diversificação dos trabalhos oferecidos pelo município. Entre essas ações, o secretário Ary Lovato salienta a criação da Patrulha Maria da Penha, do Cadastro Municipal de Pessoas Desaparecidas (CMPD), o credenciamento de Ponta Grossa para receber o ‘botão de pânico, e a iniciativa de patrulhamento com bicicletas, do projeto ‘Parque Seguro’. “Tivemos um ano intenso de criação de projetos e dispositivos para promover a segurança e a cidadania entre a população. A Patrulha Maria da Penha tem desenvolvido um trabalho maravilhoso em relação ao cumprimento de medidas protetivas e o nosso CMPD já está disponível para a população através do site da Prefeitura”, afirma Lovato. “Avançamos muito em diversas áreas e o patrulhamento com bicicletas será um passo importante na segurança da população que frequenta os parques do município”, completa.
Outro aspecto levantado por Lovato é a aquisição de novos equipamentos para a SMCSP, que incluem a atualização do setor de monitoramento, a compra de quatro novos módulos móveis já garantidos para o próximo ano. “Através de medidas parlamentares de diversos deputados direcionadas à nossa secretaria, podemos continuar o incremento em logística voltada para a segurança pública.  A atualização do sistema de monitoramento e a compra de módulos móveis já possuem recursos garantidos e a expectativa é de que se consolidemos mais investimentos durante 2018, voltados à Patrulha Maria da Penha, à Defesa Civil, etc”, conclui.