NATAL SOLIDÁRIO: 1,7 mil alunos municipais recebem presentes do Papai Noel dos Correios

Presentes foram doados por empresas, funcionários e comunidade para a campanha de Natal dos Correios. Cinco escolas municipais receberão a visita até esta sexta.
 
A ansiedade dos 1.200 alunos da Escola Municipal Égdar Zanoni, na manhã desta quarta-feira (13/12), só não era maior do que a alegria e o encantamento presentes na escola, visíveis em todos os rostos e nos movimentos de crianças, professores e funcionários à espera do Papai Noel. A escola, localizada no Jardim Gralha Azul, recebeu do velhinho presentes para todos os alunos, que enviaram suas cartinhas para o Natal dos Correios.
 
Em um esforço dos Correios, as cartas foram adotadas por empresas, funcionários, comunidade e demais parceiros da companhia, que está entregando os presentes pedidos por 1,7 mil crianças de cinco escolas municipais neste ano – 250 a mais do que as atendidas em 2016. Entre os pedidos estavam bolas, videogames, carrinhos, bonecas, cestas de natal, bicicletas e muitos outros. Além da Égdar Zanoni, estão recebendo a visita as escolas Maria Vitória Braga Ramos, Paulo Grot e Agenoridas Stadler, além do CMEI Vereadora Nassima Sallum.
 
Todos os anos, a empresa se mobiliza para presentear crianças de regiões de vulnerabilidade econômica. Para o coordenador da ação, Mauro Grabicoski, todo o time de funcionários realiza um esforço muito grande para que o projeto possa ser realizado. “Nosso trabalho no fim do ano aumenta muito, inclusive. Mas mesmo assim fazemos de tudo para dar conta de atender a todas as crianças. O que faz  valer a pena é a satisfação de ver o sonho de uma criança sendo realizado”, conta Mauro.
 
Segundo a secretária municipal de Educação, Esméria Saveli, o Natal não seria o mesmo para as crianças, sem a parceria. “A parceria dos Correios com a Secretaria Municipal de Educação é muito importante para todos, especialmente para as crianças. É muito bonito, porque eles atendem cem por cento das crianças das escolas participantes. É um universo muito grande. Além disso, propicia a interação com as crianças, que escrevem as cartas ou desenham os brinquedos que querem ganhar. É a realização de um sonho para muitas delas”, diz Esméria.