Rangel anuncia bolsas de estudo para campeões do esporte ponta-grossense

Por Danilo Kravchychyn
O prefeito Marcelo Rangel anunciou nesta quarta-feira (6) que a partir de 2018 os atletas campeões por Ponta Grossa terão direito a bolsas de estudo universitárias, como reconhecimento da Prefeitura pelo trabalho desenvolvido em prol do esporte princesino. Durante a apresentação dos troféus conquistados pela natação (campeã feminina e vice masculina) e pelo bolão (bronze feminino) nos 60º Jogos Abertos do Paraná (JAPs). “Vamos aumentar o investimento no Projeto ‘Prata da Casa’ e todos aqueles que forem campeões com a camisa ponta-grossense terão a oportunidade de estudar numa instituição universitária, permanecendo na cidade e dando sequência à carreira esportiva, pois servem de exemplo para que as crianças e os jovens sigam os seus passos, assegurando a constante renovação de talentos do nosso esporte”, destacou.
Nesta semana Rangel tem recebido a visita dos atletas e equipes que ao longo de 2017 brilharam nas competições estaduais e nacionais, em especial nos Jogos da Juventude e nos Jogos Abertos do Paraná. A natação princesina mostrou a sua força, tendo como principal destaque a campeã mundial máster Verônica Balsano, que nadou sete provas e conquistou sete medalhas de ouro e. “Aos trinta anos estou no melhor do meu condicionamento, conquistando recordes, estabelecendo marcas pessoais e defendendo com orgulho a minha cidade”, enfatizou a campeã, que começou a carreira disputando os Jogos Estudantis Municipais (JEM).
O presidente da Associação de Pais e Amigos da Natação de Ponta Grossa (APANPG), Roberto Mryczka, falou do trabalho que vem sendo realizado pela entidade em parceria com a Fundação Municipal de Esportes (Fundesp) e a Equipe Ativa Esporte Total, contando com técnicos com a qualidade do Alexandre Pina e participando de competições nas mais diversas faixas etárias Brasil afora e revelando campeões para a natação de Ponta Grossa e do Paraná. “Hoje o João Carlos Cherobim está representando o Brasil nos Jogos Sul-Americanos Escolares, em Cochabamba, na Bolívia, ele que treina seis dias por semana na Piscina Municipal Guaíra e pode conquistar mais uma medalha de ouro para Ponta Grossa”, explica o dirigente, que destacou ainda o patrocínio do Boteco da Visconde, através do empresário Lucas Klass.
Com o melhor desempenho do bolão feminino na história da divisão A dos JAPs a Seleção Ponta-grossense comemora as medalhas de bronze e o troféu de terceiro lugar conquistado em Apucarana. A “capitã” Sabrina Camargo, falou da dedicação de cada um dos integrantes da equipe, citando Roseli Gueibel, que aos 68 anos é um exemplo para os mais novos, como João Jagas, atleta da Seleção Brasileira.
A principal aspiração do bolão é contar com um espaço público para a prática do esporte, atraindo novos adeptos. “Contamos com o apoio do Clube Princesa dos Campos (Verde), mas para praticar o esporte é necessário ser associado”, relata Sabrina.
O presidente da Fundesp, Marco Antonio Macedo, fez uma avaliação positiva da participação de Ponta Grossa nos JAPs, com os títulos do futsal feminino, da natação feminina e do xadrez masculino, além dos vice-campeonatos do basquetebol masculino, natação masculina e tiro masculino. Em terceiro lugar ficaram o bolão feminino, ciclismo feminino e tênis de mesa masculino. “As medalhas, os títulos, são importantes, mas o fundamental é que todos vestiram com dignidade a camisa princesina, lutando sempre pelo melhor resultado possível e, com ou sem vitórias, contribuíram para a bela campanha na maior e mais importante competição poliesportiva do Paraná”, finalizou.